Cerâmica. Tipos, modelos e características.

Atualizado: Mar 25



Cerâmica, um composto de argila, água e outros minerais. Os modos e usos da cerâmica são muitos, um deles é o piso das nossas casas, lojas, fabricas e calçadas. O piso de cerâmica possui tipos diferentes de argilas, água, aditivos químicos, esmalte, pigmentos e outros produtos. Após a extração da matéria prima, a argila e separada e maturada. Estes processos ajudam na qualidade do produto. Depois são enviados para as fabricas onde são moídos e misturados, afinal quanto mais fina for a argila, mas qualidade ela terá.


Após a moagem, é prensada junto com água e alguns aditivos, no caso dos pisos e revestimentos. São levados a fornos onde são queimados a temperaturas entre 700 e 1300 ºC. Em seguida recebem uma camada bem fina de esmalte ou vidrado, que deixa o piso ou o revestimento com uma estética boa. São enviados novamente ao forno para secagem, essa etapa que irá definir realmente a qualidade do produto como impermeabilidade, resistência a abrasão e outras características.


Os tipos pode ser encontrados no mercado em 3 tipos:


Pisos de alta qualidade e mais resistentes a umidade, conhecidos como tipo A. Pisos com qualidade inferior, pouca resistência a umidade e pouca durabilidade, conhecidos como tipo B e pisos com pouca qualidade, sem resistência a umidade e muitos defeitos conhecidos como tipo C.


O revestimento dos pisos pode ser não esmaltado, antiderrapante e esmaltado. O piso não esmaltado possui pouco brilho e é escorregadio. O piso esmaltado possui um melhor acabamento, com bastante brilho e bem escorregadio, já o antiderrapante não possui brilho e sua principal característica é a limpeza que se torna difícil.

10 visualizações

©2015 - 2020 por Vitiello & Milanezi Incorporadora. Criado por IESP Marketing Digital