Crescimento do mercado imobiliário em 2020



Desde o começo de 2019 a economia brasileira passou a ter mais folego. O mercado imobiliário o motor da economia brasileira voltou a ter mais robustez, com aumento no numero de vendas e por consequência um aumento na geração de empregos e melhora no PIB. Com aumento na construção de imóveis de médio e alto padrão em torno de 20 % segundo a ABRAINC. Os imóveis de baixo padrão, tiveram um aumento de 11% em relação ao ano anterior.


O setor está cada vez mais confiante e preparado pra receber investimentos. Com a chegada e implementação de novas tecnologias em engenharia e arquitetura o setor ganha uma importante ferramenta a favor do crescimento, podendo receber mais incentivos de investidores nacionais e internacionais. Outra característica da implementação de novas tecnologias no setor, é a diminuição dos custos e tempo de produção.


Com a consolidação da Lei de Distrato Lei nº 13.786, de 27.12.2018. O setor ganha um reforço jurídico na efetividade das vendas, onde tanto a empresa quanto o contratante tem mais segurança jurídica durante as transações de compra e venda. Outro fator importante também foi a queda da taxa Selic, deixando o mercado mais confiante e animado. Aumentando assim a oferta de credito imobiliário para milhares de famílias brasileiras.


As mudanças nas linhas de credito tem ajudado e muito no aquecimento do setor, a facilitação e desburocratização também são fatores importantes nesse período de retomada do setor Imobiliário no Brasil. Com as novas mudanças na economia e política os investidores estão empolgados com as promessas de crescimento maior que os anos anteriores.

14 visualizações

©2015 - 2020 por Vitiello & Milanezi Incorporadora. Criado por IESP Marketing Digital